close
AvaliarCriarPartilhar

WordWall – A magia de criar jogos

Na sequência da pesquisa de aplicações para a criação de jogos educativos, hoje trago-vos uma das minhas preferidas – WordWall.

várias plataformas interativas de grande sucesso ao nível dos questionários, como é o caso do Kahoot , que trouxeram o jogo para as salas de aula de uma forma construtiva. A ideia será sempre a diversificação dos instrumentos e a tentativa de motivar os alunos e promover a avaliação formativa

No entanto, este efeito inovador das respostas em direto pode desaparecer rapidamente e até cansar, especialmente se for utilizado de forma abusiva por vários professores em simultâneo. 

Como alternativa complementar a este tipo de aplicações, a Wordwall tem uma gama muito diversificada de minijogos que poderão ser usados pelos professores para fazer revisão de conteúdos, assimilar conceitos, melhorar o vocabulário, entre muitas outras finalidades.

O que se pode fazer no WordWall?

Esta aplicação pode ser usada para criar atividades digitais interativas ou atividades para imprimir e utilizar com os alunos em sala de aula.

Os jogos interativos criados na aplicação Wordwall podem ser utilizados em múltiplos dispositivos (computador, tablet, smartphone, Quadro Interativo) desde que tenham uma ligação à Internet

Podem ser jogados individualmente num equipamento, ou na turma, com repostas por votação (não diretamente a partir dos equipamentos, como no Kahoot).

Nos jogos em que é possível ter uma versão impressa, essa opção está disponível e pode ser usada em sala de aula, como atividade de reforço ou aprofundamento dos conceitos que estão a ser trabalhados.

Jogos na Versão Gratuita

A versão gratuita Wordwall permite a criação de apenas 5 Atividades a partir dos 18 modelos de jogos, 13 dos quais permitem a versão imprimível. Estes modelos não sempre os mesmos, vão sendo alterados pontualmente. Neste momento (à data deste artigo), e para acelerar a compreensão dos tipos de jogos disponibilizados pela aplicação, fiz uma lista com uma breve explicação e com ligação a exemplos da Biblioteca Pública.

Match-up – Correspondência – os alunos podem associar palavras-chave ou imagens às definições. 

Quiz – Questionário – O exemplo típico de Quiz, no qual os alunos respondem a perguntas de múltipla escolha, configuráveis de várias formas. 

Whack-a-mole – Jogo das toupeiras, os alunos terão de escolher as toupeiras que correspondem às respostas corretas.

Group Sort – Classificação em grupos – os alunos arrastam e soltam itens na categoria correta.

Hangman – Jogo da forca –  Um clássico que não precisa apresentações. Descobrir palavras, adjetivos, conceitos, profissões, enfim, uma infinidade de possibilidades.

Find the match – Encontrar o par – As perguntas aparecem com um formato diverso (texto ou imagem) e os alunos escolhem a resposta correta escolhendo de entre várias opções

Anagram – Anagrama Os alunos decifram uma palavra ou frase reorganizando as letras que são apresentadas.

Open the box – Abre a caixaJogo sem classificação que poderá servir para interagir em sala de aula ou pelo aluno em casa.

Wordsearch – Sopa de Letras – identificação de palavras numa matriz de letras, com possibilidade de associação a imagens.

Baloon Pop – Rebenta Balões os alunos rebentam os balões para soltar as respostas corretas e terão de acertar no local correto. Funciona com níveis e tempo.

CrossWord – Palavras Cruzadas – Outro clássico. Associadas a um tema, o professor pode lançar um desafio de palavras cruzadas à turma, atribuindo as pistas que consideram pertinentes.

Unjumble – Ordenar frasesSimples, colocar frases na sua ordem correta, por arrastamento dos palavras.

True or False – Verdadeiro ou Falso – Com base num enunciado, o aluno terá de decidir se Verdadeiro ou Falso.

Labelled diagram – Diagrama Legendado os alunos fazem as ligações para associar e combinar instruções e imagens. 

Missing Word – Completar frases – Exercícios para completar frases com palavras que aparecem como pistas e podem ser arrastadas e largadas no local correto.

TV Quiz – Tal como no Quiz, os alunos responde a perguntas de múltipla escolha. A estrutura do TV Quiz incluem um Cronómetro, a linha de Vida, Rondas Bónus, dobrar pontuação, 50/50, entre outras.

Random Cards – Cartões aleatórios – Sem pontuação, serve para retirar aleatoriamente cartas com itens que poderão servir para várias finalidades, incluindo debates.

Random Wheel – Roda da Sorte – Esta roleta, também sem pontuação, poderá ser usada com várias intenções. Pode ser uma forma para sortear grupos de trabalho, ou temas. Poderá ser uma forma de apresentar um conceito para que se possa discutir. As opções que vão saindo poderão ser eliminadas da lista.

Na versão PRO as opções de jogos e atividades para impressão são ainda mais, perfazendo um total de 56. Esta versão poderá ser adquirida por 7,50€ por mês. Existem também planos para escolas.

Como se criam as atividades?

Antes de começar a criação, como na maioria das aplicações online, é preciso criar uma conta. Neste caso, é possível associar a aplicação a uma conta Google ou criar uma conta com qualquer email. 

Para criar uma nova atividade de jogo, basta clicar no botão azul Criar atividade.

Esta aplicação é muito simples porque a nossa atividade vai basear-se num Modelo, bastando apenas inserir o conteúdo desejado

Dependendo da atividade/jogo, esse conteúdo pode consistir em imagens, texto, símbolos especiais e até equações LaTeX. 

Criar uma atividade totalmente interativa leva apenas alguns minutos e, ao contrário do que pode parecer, não é necessário conhecimento de código ou design de jogo, está tudo disponível nos Modelos. 

De forma diferente em cada jogo, deverás criar as perguntas, dar as opções de resposta, indicar a(s) resposta(s) correta(s), fornecer pistas, realizar algumas configurações. Mas nada de complexo.

Uma das grandes vantagens desta aplicação é a possibilidade de mudar o modelo do jogo apenas com um clique. Apesar de estar dependente do tipo de perguntas, é um processo muito fácil que pode ser usado diretamente nos exemplos.  

Para além disso, na maioria dos Modelos também podem ser alterados os temas. Cada tema altera a aparência do modelo com diferentes gráficos, imagens, fontes e sons. Para ajustar e visualizar estas configurações basta escolher um tema por baixo de cada atividade. Muito fácil!

O poder da Partilha

As atividades do Wordwall podem ser usadas como tarefas formativas com os alunos. 

O professor pode disponibilizar a tarefa (por email, na Sala de Aula virtual, por QR Code, …) e o aluno será direccionado para uma atividade específica. Esse recurso pode ser usado em sala de aula quando através dos seus próprios dispositivos móveis ou como trabalho de casa.

A partilha é feita no botão Partilhar/Share e poderá ter duas finalidades. A utilização pelo aluno sem qualquer tipo de registo de resultados ou a partilha com outros professores, ou com a recolha do desempenho dos alunos na aplicação

Quando queremos apenas partilhar a atividade devemos usar a opção Obter Link/Get a Link, que podemos incorporar nas redes sociais, no email, na Classroom ou através de código HTML, ou enviá-lo da forma que bem entendermos. 

Para solicitar a identificação dos alunos (a utilização não requer login) para efeitos de classificação ou evolução do desempenho, devemos utilizar a opção Set Assignment/Definir Atribuição

Depois de aplicada a atividade, podemos consultar os resultados no Menu Meus Resultados.

Uma ferramenta muito interessante, simples e intuitiva que permite a criação de jogos educativos de uma forma muito rápida.

Apesar da limitação do número de atividades na versão gratuita, aproveitando a dica de uma colega (Ana Chambel), depois de utilizar as 5 atividades, podemos sempre editá-las e alterá-las para voltar a aplicar (reutilização).

Agora, como em outros casos, é testar e verificar se se adapta ao trabalho com os teus alunos.

Bons jogos!

Créditos da Imagem de Destaque

Foto de Designecologist no Pexels

Tags : jogos educativosjogos pedagógicosLiteracia DigitalpartilharWordwall

Leave a Response