close
ApresentarColaborarPartilhar

Dar vida a um documento PDF – ActiveTextBook

Uma das vantagens dos recursos online está, principalmente, na interatividade. Permitir que existam interações entre o utilizador e os recursos possibilita escolha de percursos, respostas, comunicação, e alguma extensão dos conteúdos. Algo que um documento estático não permite, naturalmente.

Para muitos, criar esta interatividade pode parecer uma tarefa muito difícil. Mas, na realidade, não é assim tão complexo.

A evolução dos equipamentos e do software têm sido traduzidas numa simplificação de processos e na transformação de sistemas complexos em formatos cada vez mais amigáveis, intuitivos e simples.

Por isso mesmo, atualmente é cada vez mais fácil trabalhar com Aplicações online.

Mas, para que tudo funcione corretamente, é importante entender a lógica das aplicações e perceber como se pode adaptar aos nossos objetivos, a aplicabilidade no nosso contexto.

Um caso que vai ao encontro deste conceito é a possibilidade de “dar vida” a um ficheiro em formato PDF.

Imagem de Esa Riutta por Pixabay

Se costumas utilizar ou criar este tipo de documentos, já deves ter percebido que, normalmente, se tratam de ficheiros estáticos e não editáveis na visualização. Os ficheiros PDF são normalmente utilizados para serem partilhados online.

Existem vários programas para fazer a leitura (o mais conhecido será, talvez, o Adobe Acrobat Reader) e outros que permitem criar os ficheiros PDF a partir do zero (Adobe Acrobat DC), utilizando todas as múltiplas potencialidades possíveis neste formato. Para além disso, existem cada vez mais aplicações que permite abrir e editar os ficheiros, nomeadamente o Microsoft Word ou o Google Docs.

A aplicação ActiveTextBook é um pouco diferente dos exemplos anteriores. Trata-se de uma aplicação que permite aplicar determinadas funcionalidades e informações no próprio documento, sem alterar o conteúdo. Tudo o que for inserido é um complemento ao documento original.

Na sua versão gratuita, o ActiveTextBook permite aceder às funcionalidades básicas e tem alguma limitação no espaço disponibilizado para os ficheiros que queremos associar. De qualquer forma, é um plano totalmente funcional.

De uma forma geral, em todos os planos desta aplicação é possível:

  • Adicionar elementos interativos
  • Personalizar o documento
  • Organizar e armazenar os documentos
  • Trabalho colaborativo
  • Partilha simplificada

Para aceder ao ActiveTextBook é necessário ter uma conta, que poderá ser associada à conta Facebook, ou através da criação de uma conta associada ao email.

O que se pode fazer nesta Aplicação?

Na edição do documento que desejamos alterar e partilhar podemos realizar um conjunto diversificado de tarefas. Algumas são comuns a outras aplicações e podem já estar incorporadas no próprio documento PDF (por ex.: um índice de capítulos interativo criado no processador de texto), mas há outras funcionalidades que tornam esta aplicação muito interessante!

Apresentar o documento

Uma das possibilidades é a apresentação do documento através de um monitor, projetor de vídeo ou numa transmissão online.

Utilizando esta hipótese, o ActiveTextBook disponiliza um marcador que permite rasurar, marcar, rodear, com cores algumas partes do documento que são mais importantes. Em simultâneo, estas marcas que são adicionadas podem ser retiradas com uma borracha da aplicação.

Marcar o Documento

Transportando o conceito analógico dos marcadores, é possível utilizá-los nesta aplicação, com várias cores e menu de ligação direta ao local onde foi colocado o marcador. Muito útil!

Índice interativo

Se o documento não tiver um índice com ligações (e mesmo que o tenha), o ActiveTextBook permite criar estas referências e associá-las a um menu de navegação que simplifica o acesso aos capítulos. Em conjugação com os marcadores, o Índice é mais uma ferramenta que simplifica a navegação.

Comentários

Quando partilhamos um documento pdf através desta aplicação, podemos rentabilizar a ferramenta de comentários para o trabalho com os alunos ou com outros colegas. Esta forma de Interatividade é muito importante em alguns tipos de dinâmica. Quem disponibiliza o ficheiro terá acesso a todos os comentários do documento num menu.

Inserir Elementos Multimédia

A meu ver, esta é a ferramenta mais atrativa desta aplicação. Podemos associar ao documento um conjunto de elementos que acrescenta conteúdo e qualidade ao documento original. Alguns destes elementos são muito importantes para o trabalho do professor, nomeadamente a inclusão de Questionários internos (da própria aplicação) ou externos (através de link, por exemplo para Formulário Google). Estes elementos funcionam em sobreposição (overlay) ao conteúdo do ficheiro.

A lista das possibilidades:

  • Caixas de Texto
  • Hiperligações
  • Vídeos do Youtube incorporados
  • Imagens (da internet ou carregadas do nosso computador)
  • Vídeos (carregados do computador)
  • Áudio (voz ou música)
  • Anexos
  • Quiz
  • Aplicações Extra (Widgets)

Uma imensidão de possibilidades que podem dar um novo ar, e principalmente novas funcionalidades, aos ficheiros PDF.

Podem ser trabalhados colaborativamente e a partilha é feita (na versão base, pelo menos) através do link (URL) do documento que estamos a editar.

Na versão do “utilizador final” o menu é bastante semelhante. Não necessita criar conta ou entrar, contudo os comentários e/ou respostas no Quiz são dados identificando o utilizador como visitante.

Agora é experimentar, pensar em formas de rentabilizar e começar a usufruir destas possibilidades, se assim entenderes, claro!

Boas Experiências!

Saudações TIC!

Créditos da imagem de destaque

Imagem de Clker-Free-Vector-Images por Pixabay

Tags : colaborarInteractividadepdf

Leave a Response