close
AvaliarBookcreatorCriarGoogle Tools

7 Ferramentas para criar Portefólios Digitais

O Portefólio não é em si mesmo um fim, mas um processo que ajuda a desenvolver a aprendizagem.” (Klenowski, 2002)

Os termos utilizados ao longo dos anos para designar os portefólios têm sido muito diversos: Dossiers, diários de bordo, porta-fólios, processo-fólios, etc…

Surgiram como uma modalidade do campo das artes para apresentar, expor ou compilar um conjunto de trabalhos realizados pelos artistas. É fácil entender que esta é uma ferramenta muito útil para várias profissões onde é imprescindível poder demonstrar ou comprovar as capacidades, competências ou qualidade de trabalho.

Esta procura de reconhecimento motivou a tentativa de utilização dos portefólios em contextos educativos. A organização de trabalhos realizados pelos alunos sempre (ou quase sempre) existiu, mas, a partir do momento em que se tentou incorporar uma metodologia avaliativa por portefólio, percebeu-se que essa compilação não era apenas um acumular de folhas (porta-folhas) mas um instrumento de trabalho muito mais amplo, no qual podem constar uma seleção de trabalhos, documentos, materiais e recursos, que permitam analisar percursos, produção, evolução, crítica e reflexão.

A estrutura bem definida de um portefólio permite criar um instrumento que não seja apenas uma compilação de documentos (dossier) mas um conjunto de evidências que identifique um processo continuado e reflexivo.

De qualquer forma, estes conceitos nem sempre estão presentes na criação de um portefólio, continuam a existir muitas resistências e algumas crenças e paradigmas bastante enraizados.

A transição/adaptação dos portefólios analógicos (por vezes ainda utilizados) para os portefólios digitais fez-se (ou faz-se) de forma progressiva. As ferramentas para a sua criação têm evoluído de forma muito rápida nos últimos 20 anos.

Existem cada vez mais aplicativos que permitem criar portefólios digitais (e-portefólios ou webfólios) de forma simples, intuitiva e com recurso a uma infinidade de recursos multimédia, ao alcance de qualquer utilizador com competências básicas na área das TIC.

Curiosamente, os e-portefólios também tiveram como principais impulsionadores os profissionais ligados às artes, em particular associadas ao grafismo e à imagem. Numa fase inicial, quase sempre optavam por manter os formatos analógico e digital em simultâneo (pela falta de confiança nos sistemas de armazenamento).

Photo by Format from Pexels

ALGUMAS VANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DE PORTEFÓLIOS DIGITAIS

Existem inúmeros benefícios para os alunos que utilizam portfólios no seu processo de aprendizagem.

Os portefólios:

  • permitem o registo da aprendizagem e da evolução num período de tempo;
  • fornecem aos alunos um local com visibilidade para o seu trabalho;
  • podem ser usados como ferramentas de auto-avaliação, auto-reflexão e desenvolvimento pessoal;
  • possibilitam melhor o conceito de evolução;
  • proporcionam um envolvimento ativo na aprendizagem;
  • podem servir como um método de autodescoberta e construção da confiança;
  • estimula a prática reflexiva;
  • ajudam a identificar os pontos fortes de fracos dos alunos e planificar as melhorias;
  • propiciam o feedback dos professores e dos colegas;
  • ajudam a melhorar as competências ao nível da escrita;
  • preparam os alunos para a criação de portefólios profissionais;

Entre muitos outros.

A ESCOLHA DA FERRAMENTA PARA CRIAÇÃO DE E-PORTEFÓLIOS

Criar e manter um portefólio digital é um processo cada vez mais simples e, quando utilizado em contexto educativo, poderá documentar vários dos itens necessários para a avaliação dos alunos em áreas transversais associadas, por exemplo, às competências previstas no perfil do aluno à saída do Secundário. Pode ser utilizado no contexto de uma disciplina/área disciplinar ou de uma forma mais abrangente.

Ao criar um espaço online, que pode ser público, privado ou partilhado, os alunos podem apresentar um processo de evolução, partilhar documentos/produtos criados, um quadro de objetivos definidos, as reflexões sobre as temáticas abordadas e, com criatividade, os interesses pessoais nos vários domínios da sua vida pessoal/académica, etc.., devidamente documentados/comprovados com recurso a folhas de cálculo, apresentações, vídeos, animações, áudios, fotos, entre muitas outras opções.

Photo by Kaboompics .com from Pexels

Dependendo da idade dos alunos e do tipo de portefólio que se deseja criar, a escolha das ferramentas poderá suscitar algumas dúvidas. A oferta é imensa e, por isso, a seleção da melhor opção pode ser uma tarefa difícil.

A escolha da ferramenta deve ser feita por cada aluno, contudo, na hora de apresentar esta possibilidade, podemos sempre apresentar algumas alternativas previamente testadas.

Deixo aqui uma lista com a escolha de 6 ferramentas para criar portefólios

1- Google Sites

Uma excelente ferramenta da Google para criar Portefólios. A estrutura do site pode ser facilmente adaptável ao que é solicitado pelos professores. Permite a integração direta de todas as aplicações da google de forma gratuita (texto, folha de cálculo, vídeo, imagem, apresentações, etc.). Os alunos com conta de email Google podem criar e hospedar os seus próprios portefólios digitais no Google Sites de formas simples, fácil e intuitiva. Não existem limitações na quantidade de páginas criadas e o seu conteúdo pode ser partilhado com professores, colegas e familiares.

2 – WordPress

Este é, talvez, um dos serviços de criação de blogues mais conhecidos e utilizados. Apesar de existir uma lógica de entrada por datas nos blogues, esta ferramenta também permite criar estruturas de páginas com criação de ligações em menus, tal como nos sites. Aqui, podem ser incluídos todos os elementos multimédia que os alunos necessitem para o seu portefólio. Um pouco mais complexo na construção do que o Google Sites mas, sem dúvida, com mais potencialidades.

3 – Weebly

Este é outro bom site que os alunos podem usar para criar os seus portfólios digitais. Na sua versão gratuita o Weebly possibilita a criação de uma website com grande qualidade na estrutura e na apresentação, sempre com tecnologia Drag & Drop que facilita bastante a construção dos espaços e a integração dos conteúdos sem ter conhecimento de programação em HTML.

4 – Wix

Este serviço de Internet permite criar um site personalizado, comparável ao Weebly, mas com mais opções nas ferramentas disponibilizadas e maior qualidade ao nível do design gráfico, na minha opinião. Com a conta básica gratuita é possível criar um website que funcione como portefólio escolar de uma forma muito fácil.

5 – O FreshGrade  é um serviço de portfólio digital muito popular em muitas escolas dos EUA. O FreshGrade permite que professores e alunos criem portfólios digitais multimédia e está especialmente dedicado a esta funcionalidade. Permite garantir mais privacidade aos alunos, o professor consegue criar e gerir as contas dos alunos, atribuir tarefas privadas e acompanhar a entrega dos trabalhos, interagindo, também com a família. Tem uma versão base gratuita para professores e alunos.

6 – O Book Creator  é uma excelente ferramenta para criar e-books multimédia. Pode ser usado como um aplicativo para iPad ou no navegador Chrome e os alunos podem usá-lo para criar um e-book que mostre exemplos dos seus melhores vídeos, imagens e trabalhos escritos. 

7 – Bulb Digital Portefolios– Serviço gratuito especializado em portefólios digitais e salas de aula virtuais. É muito simples de configurar e pode ser usado pelos alunos e pelos professores. Ideias e dicas: bulb para professores

Imagem de Monoar Rahman Rony por Pixabay

Avaliação de portfólios digitais

A avaliação de um portefólio irá depender do seu tipo, do formato e do grau de abrangência. Pode ser um documento que é avaliado por um ou por vários professores e estará sempre dependente dos critérios definidos pela escola e pelos grupos disciplinares.

Existem, também online, muitos exemplos de tabelas com os parâmetros de avaliação genéricos e específicos para este tipo de documento. Deixo-vos um exemplo (EPortfolio – Digital Portfolio – Rubric – Universidade de Wisconsin).

É importante referir que esta ferramenta também pode ser muito importante para a criação de portefólios digitais para professores e quaisquer outros profissionais.

Créditos da Imagem de destaque

Photo by Jean Bertordo from Pexels

Tags : e-portefólioportefólioportefólios digitais

Leave a Response